Garmin 310XT

CURITIBA (nice day) Finalmente chegou meu Garmin 310XT (tks Pedro). Se meu Forerunner 305 não tivesse sido roubado, provavelmente continuaria com ele por mais um bom tempo. Apesar de ter 5 anos de uso, a bateria ainda durava cerca de 6 horas e ele me atendia perfeitamente. RIP 305.

O substituto natural do 305 é o 310XT. É um relógio completo, a prova d’agua e que reconhece todos os sensores que falam ANT+ (monitor cardíaco, cadência e potência). Mesmo assim fiz uma boa pesquisa pra ver o que tinha de novidade no mercado, tendo em vista que o 310XT foi lançado em 2009. Minha única restrição era que o relógio fosse compatível com os sensores citados acima, pois isso possibilita o uso na bike  além da corrida. Isso restringiu minha escolha a três modelos: 310XT, 910XT e o Fenix2.

O 910XT e o Fenix2 custam cerca de US$ 400 e resolvem uma deficiência do 310XT, a natação. O Fenix2 é o mais bonito deles e a bateria dura cerca de 50h, contra 20h do 910XT e do 310XT. Como eu não nado (pelo menos por enquanto), não vou fazer nada com mais de 20h de duração e não queria gastar mais de US$ 200 num relógio, resolvi pelo 310XT que custa hoje cerca de US$ 180.

Garmin Multi-sport

Com relação ao velho 305, algumas coisas mudaram no 310XT. A transmissão de dados agora se dá através de um pequeno pen-drive (perfeito pra perder) ANT+. No more cables! O carregador vem com três opções de tomada (perfeito pra quem viaja) e o monitor cardíaco é muito mais confortável do que o antigo.

Garmin 310XT

As funcionalidades e interface do relógio são bastante parecidas com o velho 305. Uma funcionalidade nova é o tal do RHR “Recovery Heart Rate”. Depois que você pressiona o botão stop, o relógio monitora seu coração por mais 2 minutos e te informa o quanto seus batimentos caíram nesse tempo. Na realidade, o RHR é a habilidade do coração voltar a seu estado normal após uma atividade dentro de uma dada quantidade de tempo. No site da Garmin diz que é bom procurar um médico caso seu coração não baixe 12bpm dentro de um minuto. Essa funcionalidade poderia ser mais útil se desse para configurar a quantidade de tempo, mas no caso do 310XT é 2 minutos e só.

Recovery Heart Rate 310XT

No que diz respeito ao uso do 310XT na bike, ele cumpre o que promote. O relógio reconheceu rapidamente o sensor de cadência e marcou a distância com precisão. O ideal para o uso na bike é utilizar o relógio no guidon. A Garmin vende um adaptador de borracha (Forerunner Bicycle Mount Kit) para deixar o relógio bem preso.

É obvio que não dá pra comparar o 310XT com um Garmin 810, dispositivo este desenvolvido especificamente para bike. São produtos totalmente diferentes e dado o tamanho da tela e a tecnologia touch do 810, ele certamente oferece uma interface mais amigável. Entretanto, se você só anda de speed e não precisa de mapas pra sair de alguma trilha desconhecida de MTB, o 310XT dá conta do recado perfeitamente.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s