Medidor de Potência

CURITIBA (watts) Nunca achei que eu precisasse de um medidor de potência, até eu testar a roda do Lyra com Powertap. Primeiro fiz alguns testes no rolo e depois na estrada. No rolo eu diria que um medidor de potência é imprenscindível, a não ser que você tenha um rolo com medidor de potência embutido, é obvio.  Na estrada, eu diria que é um incentivo a mais, principalmente para fazer treinos estruturados (workouts). Na imagem abaixo, tem um exemplo dos treinos disponíveis no Wahoo.

Ou seja, como o rolo emprestando que eu tenho aqui não tem medidor de potência e eu estava fazendo uns treinos estruturados baseado em batimento cardíaco, resolvi comprar um medidor de potência. Fazendo uma busca rápida na internet você vai descobrir que existem diversas maneiras de medir potência na bicicleta. A foto abaixo (chupada do DC Rainmaker) mostra todos os lugares que você pode colocar um medidor de potência na sua bike. Alias, se você está pensando em comprar um, sugiro fortemente que você leia esse conteúdo.

Inicialmente eu tinha me decidio a comprar o pedal da powertap por dois motivos: preço e portabilidade. Por exemplo, numa viagem basta levar o pedal para contar com o medidor de potência. A questão do preço, é relativa, pois a versão mais barata (cerca de US$ 529) mede a potência de um único lado. Já a versão completa, com os dois pedais, custa US$ 729.

Lendo aqui e ali, decidi que para começar a “brincar” com potência, um medidor “single side” serviria para mim. Os mais puristas vão dizer que não é a mesma coisa pois você geralmente não tem a mesma força nas duas pernas, bla, bla, bla. O que é verdade, mas em se tratando de uma medida relativa que serve para mostrar a minha evolução (ou a falta dela! ), um “single side” dá conta do recado.

Decidido que um single side era suficiente, fiquei entre duas opções: o pedal e o pedivela (crank arm). Como dito anteriormente, a vantagem do pedal é a portabilidade. A desvantagem é a posição. Numa eventual queda, os pedais invariavelmente sofrem algum dano. O pedivela já está um pouco mais protegido, mas por outro lado sua portabilidade é um pouco mais restrita. Eu acabei optando pelo Precision da empresa canadense 4iii, o qual é compatível com o meu grupo Shimano Ultegra. Ou seja, funciona em qualquer outra bike com Ultegra somente.

Como dá para perceber, o medidor de potência está instalado no meio do pedivela e tem o tamanho de um sensor de cadência. Alias, o medidor de potência também tem a função de sensor de cadência e funciona com uma bateria do tipo CR2032 (coin cell). A 4iii também disponibiliza um aplicativo para calibrar o dispositivo, operação esta que pode ser feita diretamente no GPS. Pra que calibrar? Na realidade o termo correto seria “reset” ao invés de “calibrate”. O que acontece é que o medidor pode ficar com algum torque residual entre um pedal e outro e essa operação garante que qualquer peso residual seja eliminado de forma a não afetar a acurácia do medidor de potência. Em geral, os fabricantes sugerem que o dispositivo seja “calibrado” toda vez antes de iniciar o pedal. Mais informações sobre calibragem ou zero-offset você encontra aqui.

Finalmente, se você está pensando em adquirir um medidor deste tipo, certifique-se de que ele cabe no seu quadro. Os fabricantes geralmente fornecem maneiras de verificar isso. No caso da 4iii, o indicativo era uma pilha AAA entre o pedivela e o quadro. Se existir espaço para passar uma pilha, então cabe o sensor.

Até o momento o sensor está funcionando perfeitamente. Aparentemente o sistema de vedação dá conta do recado. Até agora nenhum problema nos pedais molhados. So far, so good!

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s