Dublin

DUBLIN (boat trip) O principal objetivo da viagem a Dublin era conhecer a Guinness e é claro, visitar a cidade se desse tempo. Conseguimos fazer as duas coisas. Dublin é uma cidadezinha bem simpática que pode ser visitada facilmente em um ou dois dias. O melhor é que você consegue fazer tudo a pé.

Algumas impressões depois de uma visita rápida de um dia: O povo é muito simpático e prestativo. Tem Brasileiro em tudo que é canto. A cidade é relativamente limpa. Tem ciclovias espalhadas por todos os lados. Onde não tem ciclovia, os ciclistas parecem conviver bem com os carros. Tem gente dormindo nas ruas (sinais da crise que assolou a Irlanda nos últimos anos). Os pubs são bons (e muitos) e a cerveja é ótima!

Esses são os pontos turísticos que estão em todos os guias de “Um dia em Dublin”:

  • O’Connell street: É o coração do centro da cidade. Ao redor tem algumas ruas exclusivas para pedestres como a Grafton St e a Henry St, as quais tem um monte de lojas e shopping centers. Na esquina da O’connel com a Henry fica o Obelisco e um pouco mais abaixo o canal que corta o centro da cidade

IMG_3079

  • Trinnty College: Os prédios imponentes e a beleza do grande pátio interno atraem um monte de turistas. Vale a pena passar por lá.

IMG_3028

  • Temple Bar: Dizem que é o Pub mais antigo do mundo. Não fui atrás pra saber se isso é verdade. Antigo ou novo, é mais um Pub entre os montes que você encontra em Dubin.

IMG_3034

  • Dublin Castle: Eu acho que deveria ter algumas regras pra chamar uma construção de castelo. Eu não classificaria isso como castelo. Tem uma pequena torre medieval e um monte de prédios que hoje são ocupados pelo governo Irlandês. Tem bastante história, mas…

IMG_3039

  • Jameson: O que falar de um whisky que é usado para fazer cocktails. Então, deixa pra lá…
  • Guinness Storehouse: Parada obrigatória pra quem vai a Dublin e gosta de cerveja. A visita é auto-guiada (parecida com a Heinekein) e se você quiser pode usar um audio guia (gratis). No começo da visita você pode assistir alguns videos sobre a origem dos ingredientes básicos da famosa cerveja. Depois uma breve apresentação sobre como degustar a cerveja, degustação de algumas comidas que levam a cerveja no seu preparo e finalmente uma degustação no Gravity bar, um ambiente todo envidraçado com uma vista de 360 graus.

Screen Shot 2013-10-14 at 8.44.42 PM

 IMG_3066

 Cheers, e vamos ao trabalho!

Advertisements

Viajando de Carro da Inglaterra para a Irlanda

DUBLIN (stout beer) Quando decidimos visitar Dublin a questão era ir de carro ou de avião. Por uma questão de logística decidimos ir de carro. Não sei dizer se é a melhor opção, mas em todo caso, é uma opção.

Existem algumas empresas como a Stena Line e a Irish Ferries que fazem a travessia entre Holyhead e Dublin. Você encontra diversas opções de travessia, algumas mais rápidas e outras mais demoradas. É obvio que o custo também varia.

Escolhemos a IrishFerries, a qual faz a travessia de 120km em 1:50h. O ferry é grande e confortável e oferece serviços de bar, restaurante (no piso superior), lojas, casa de câmbio e internet grátis (lenta, mas grátis).

IMG_3014

Apesar do tamanho, o barco balança bastante. Então se você enjoa fácil, é bom tomar um dramin antes.

E quanto custa? Para cruzar um carro como esse da foto abaixo e três pessoas custou cerca de 400 libras (ida e volta). Se você comprar com antecedência na internet, parece que o preço é melhor. Se você deixar para comprar no local, chegue com um pouco de antecedência e lembre-se de ter libras na ida e euros na volta.

IMG_3008

E vale a pena? Eu diria que vale. Acredito que no verão a viagem seja mais agradável pois você pode passear no deck do barco. Eu fui passear um pouco lá fora mas não aguentei muito tempo por causa do frio e do vento. A vantagem de fazer o trajeto de barco ao invés do avião é que você não precisa encarar toda aquela chatice dos aeroportos e o aperto dos aviões. Daqui a pouco vão fazer aviões para viajarmos em pé….

IMG_3013