Fez

FEZ (ou fes) Fez, fundada em 789, é a antiga capital  política e administrativa do Marrocos, entretanto, é até hoje a capital religiosa e intelectual do país. É também conhecida como a principal cidade imperial. A medina de Fez, tombada pela UNESCO, é a maior do Marrocos. Cerca de 300 mil pessoas moram e trabalham dentro da medina.

Então vamos a ela. Seguindo a sugestão de um colega, contratei um guia para me mostrar a medina. O preço dos guias é meio tabelado (cerca de EUR 15) e eles estão por toda parte. Na porta do meu hotel tinha um de plantão, o Monsieur Ali.

Larguei o carro no hotel e fomos de taxi, pois o estacionamento perto da medina custa mais caro do que ida/volta de taxi. Começamos a visita pelo portão azul,  a mais famosa das muitas entradas da cidade antiga.

Depois de caminhar bastante pelas vielas estreitas, M. Ali me levou para conhecer um dos cartões postais da cidade, os famosos curtumes. O cidadão de uma das cooperativas locais me explicou que eles trabalham com diferentes tipos de couros (vaca, ovelha, cabra, etc) e todas as colorações são feitas com produtos naturais. O cheio é muito forte. Uma senhora do meu lado saiu rapidinho com ânsia de vomito.   

Pra amenizar um pouco eles fornecem umas folhas de hortelã pra você ficar cheirando enquanto tira fotos. E você aí reclamando do seu trabalho…

Seguimos nossa visita e M. Ali foi me explicando que o interior de algumas casas é muito belo e requintado. Totalmente diferente da impressão de um local pobre que temos quando caminhamos pelo lado de fora. Abaixo uma foto do interior de uma residência que hoje serve como uma loja de tapetes.

Outras construções impressionantes, como não poderiam deixar de ser, são as mesquitas. Segundo M. Ali, existem cerca de 150 mesquitas na medina. Eu achei muito, mas ele disse que é isso mesmo. A maior e mais bela, ainda segundo M. Ali é a Mesquita de Andaluza. Abaixo uma foto tirada da porta de uma das mesquitas pois não-mulçumanos não podem entrar.

Atualização: Hoje voltei na Medina e visitei um dos monumentos mais imponentes do local, a Medersa (escola corânica) de Bou Inania. O prédio foi fundado em 1351 e foi renovado no século 18. O estado de conservação e a quantidade de detalhes da construção impressiona. A visita custa 10 dinheiros marroquinos.

Em resumo, a cidade antiga de Fez é certamente um local que deve estar na sua lista quando visitar o Marrocos. De todas as medinas, essa é a mais interessante de todas.

 

Advertisements