Salta o Muro

PORTO (esquentou) Hoje o almoço foi em Matosinhos, uma pitoresca cidadezinha a uns 30 minutos de metrô do centro do Porto. Eu já conhecia o local da outra vez que estive aqui, e por esse motivo tive que voltar lá. Fabien, meu colega aqui do INESC, me indicou o Salta o Muro, um restaurante pequeno com cerca de 10 mesas apertadas.

A especialidade deles é peixe assado. Alias, a especialidade da maioria dos restaurantes de Matosinhos é peixe assado. Alguns assam o peixe em grelhas no meio da rua.

Resolvemos experimentar o Dourado Assado. E pra beber? Dessa vez ainda não tinha tomado um vinho do Dão.  Pra resolver esse problema escolhi um Dão Quinta do Escudial 2007. Boa pedida.

Restaurante simpático, ótimo preço e comida sensacional. Mais um pra listinha “not to miss” quando estiver por aqui. Agora, chegue cedo, senão você certamente vai ficar na fila de espera.

Advertisements

Em Resumo

CURITIBA (finito) Várias pessoas me perguntaram o que eu achei de Portugal. Aqui vão algumas conclusões baseadas no que eu vi e vivi durante meus dias de trabalho por lá:

1) Come-se extremamente bem. Excelente comida por um preço razoável. É claro que é caro se você converte para BRL, mas é o melhor custo benefício de todos que eu conheci na Europa. Os restaurantes que servem peixe grelhado em Matosinhos são sensacionais.

DSC06423

2) Único lugar que eu encontrei guardador de carro na Europa. Coisa chata!

3) Pessoas simpáticas e que na maior parte dos casos te tratam muito bem. Em geral adoram o Brasil.

4) Relativamente seguro. Não fiquei com medo de andar em nenhum lugar, tanto a pé quanto de metrô ou ônibus.

5) Pedágios caríssimos. O mais caro que eu paguei na Europa. As estradas não chegam aos pés das Alemãs, entretanto.

6) Vinho bom e relativamente barato. Vinhos alentejanos foram uma grata surpresa.

7) Vinho do Porto a vontade. Não é meu tipo de vinho predileto, mas aprendi a gostar um pouco mais dele.

8 ) Muitos prédios antigos abandonados que na maioria das vezes causam uma tremenda má impressão.

DSC06373

Em resumo, pela comida, pelo vinho e pelos Portugueses, vale a pena a visista.