Suffer Score no Edge 1000

CURITIBA (100mm de chuva) De vez em quando dou uma olhada na “lojinha” de aplicativos da Garmin pra ver se tem alguma coisa nova. É bom deixar claro que a loja da Garmin está longe de ser a loja da Apple, tanto em termos de quantidade como qualidade. Mas na semana passada apareceu um aplicativo interessante, o Strava Live Suffer Score. O Suffer Score (SS) é a maneira que o Strava encontrou para classificar a intensidade da atividade física e até agora só estava disponível para os assinantes da versão paga do Strava. Eu implementei uma versão open-source, colhendo informações de diversas fontes, que produz resultados similares ao do Strava. Apesar de funcionar, tem o inconveniente de ter que baixar a atividade do Strava e rodar o script.

Esse aplicativo mostra em tempo real o SS junto com um histograma da sua freqüência cardíaca. Apenas isso. Não tem integração alguma com o Strava ou Garmin Connect. Assim que você finaliza a atividade ele desaparece. Então se você quiser ter um histórico do seus SS, é bom anotar o número antes de finalizar a atividade. Convenhamos que uma integração com o Garmin Connect seria interessante. Mas não acho que isso não seja de interesse do Strava. De qualquer forma, a informação está aí.

FullSizeRender

Antes de sair usando, não esqueça de configurar as zonas de freqüência cardíaca do aplicativo no Garmin Express (figura abaixo). Na página de suporte do Strava diz que a configuração do Garmin Connect deve ser igual a configuração do Strava. Pelo que eu percebi, entretanto, o aplicativo não reconhece a configuração do Garmin Connect e sim aquela que você coloca no Garmin Express.

Screen Shot 2016-05-23 at 1.57.06 PM

 

Advertisements

Suffer Score

CURITIBA (redeye) Esses dias ganhei 30 dias para testar a versão premium do Strava, a qual custa cerca de US$60/ano. Achei meio caro e continuo com a versão gratuita. Entretanto, a versão paga tem algumas coisas bacanas pra quem gosta de números, entre elas o tal do Suffer Score (SS).  O SS é a maneira que o Strava encontrou para classificar a intensidade da atividade física. A ideia é simples. Quanto mais longa for a sua atividade e quanto mais tempo o seu coração estiver saindo pela boca, maior será o SS.

Como a versão gratuita não mostra o SS, o jeito foi improvisar. O Strava não diz como o SS é calculado, apenas cita que a métrica foi inspirada num conceito conhecido como TRIMP (TRaining IMPulse) desenvolvido pelo doutor Eric Bannister nos anos 70. O TRIMP score desenvolvido pelo Dr. Bannister é basicamente o produto entre o volume de treino (tempo) e a intensidade do mesmo. Para isso foram definidas as seguintes 5 zonas de batimento cardíaco.

  • Zona 1: 50 a 60% do HR Max
  • Zona 2: 60 a 70%
  • Zona 3: 70 a 80%
  • Zona 4: 80 a 90%
  • Zona 5: 90 a 100%

Então se você fez 10 minutos na zona 2 mais 30 na zona 4, o TRIMP SCORE seria (10 times 2)+(30 times 4)=140 . Como podemos notar, o peso utilizado na multiplicação é simplesmente o número da zona.

Depois de pesquisar um pouco, encontrei nesse blog a modificação proposta pelo Strava. Ao invés de usar o número da zona como peso na multiplicação, eles definiram cinco novos coeficientes para as zonas:

  • (z_1): 12
  • (z_2): 24
  • (z_3): 45
  • (z_4): 100
  • (z_5): 120

Desta forma o cálculo do SS é dado por sum_{i=1}^5 t_i times z_i, em que t_i é o total de tempo em horas gasto em cada uma das cinco zonas e z_i representa os coeficientes acima definidos.

Com base nessas informações escrevi um programa tosco em python (na sala de espera da minha oftalmologista)  que lê um arquivo GPX exportado pelo Strava e gera o SS juntamente com o tempo (%) gasto em cada uma das cinco zonas. Abaixo um exemplo do que o programa produz como saída. Usei os mesmos nomes das zonas adotados pelo Strava.

sufferscore

O código pode ser encontrado aqui. Note que o programa assume que no GPX existe uma tag <gpxtpx:hr>.  A hora que eu tiver um pouco mais de tempo faço uma interface mais “amigável” como essa do Strava

ss sträva

Atualização: Agora o código gera um gráfico com todas as informações.

sufferhisto