Perdendo o Medo

CURITIBA (jump) Depois de algum tempo namorando o trampolim grande da piscina do clube a Isabela resolveu encarar. Subiu tem que pular, foi o que disse o salva-vidas.

Lá em cima a baixinha titubeou um pouco, mas como já tinha fila, não dava pra voltar. Sensação de liberdade!

Advertisements

Barcelona – First Impressions

BARCELONA (cansado, mas…)  Pra variar, moído depois de uma longa viagem.  Como a passagem foi comprada por algum gênio da universidade, o cidadão mandou a gente pra Roma e depois pra Barcelona. Depois de algumas inicializações no sistema de vídeo do avião, consegui ver uns dois filmes durante a longa viagem. Já o Alceu não teve a mesma sorte. O velho 777 da Alitalia não queria colaborar. A poltrona travava e o video idem!

A bagagem chegou e o carro reservado estava lá. Só o hotel que resolveu criar alguns problemas os quais foram resolvidos depois de três trocas de quartos. Essa rede Accor as vezes deixa um pouco a desejar. Não é a primeira vez que tenho problemas com eles.

Bem, restava meio dia e resolvemos bater pernas. Calor de 30 graus que nos fez esquecer rapidamente da semana de chuva Curitibana. Primeiro ponto, o La Boqueria, uma espécie de mercado municipal. Gente pra cacete e um festival de cores sensacional. Isso aqui deve ser interessante de visitar no Inveno quanto tem pouca gente. Estava muito difícil de circular lá dentro.

DSC03719

Depois uma passeio na rua mais famosa de Barcelona, a Las Rambas. A rua é cheia de vida e parece uma feira com várias bancas, pássaros engaiolados, flores, lojas, gente e mais gente…

DSC03738

Bem próximo está também a praça mais animada de Barcelona, segundo meu guia de viagem. Pra ser sincero não notei toda essa animação na tal da Plaça Reial. É muito bonita, porém.

DSC03724

Interessante as diversas fontes de água potável disponíves nos arredores da Las Ramblas. Elas são conhecidas como fontes de Canaletes. Mas com o calor que estava fazendo, até a água das fontes estava quente.

DSC03747

Finalmente um passeio pela parte mais antiga da cidade, o Bairro Gótico. Uma região muito bacana que lembra bastante Roma. Não é a toa, foi o lugar escolhido pelos Romanos para fundar a nova colônia em 27ac. Pra fechar, como é de praxe, um bom vinho com queijos e salames no hotel, por que ninguem é de ferro! Pra resumir, as primeiras impressões foram muito boas…

DSC03781